30 de mar de 2012

APOMETRIA - Divaldo Franco esclarece.


Divaldo Pereira Franco, durante uma larga entrevista, no programa Presença Espírita da Rádio Boa Nova, de Guarulhos (SP), em Agosto/2001, a partir de uma pergunta a ele dirigida, afirma: "Não irei entrar no mérito nem no estudo da Apometria, porque eu não sou apômetra, eu sou espírita. O que posso dizer é que a Apometria, segundo os apômetras, não é Espiritismo, porquanto as suas práticas estão em total desacordo com as recomendações de “O Livro dos Médiuns”. Não examinaremos aqui o mérito ou demérito porque eu não pratico a Apometria. Mas, segundo a presunção de alguns, este método é um passo avançado do movimento espírita, no qual, Allan Kardec estaria ultrapassado. E que Allan Kardec foi a proposta para o século dezenove e parte do século vinte e a Apometria é um degrau mais evoluído, tese com a qual, na condição de espírita, eu não concordo em absoluto.”  
“(...) Tenho certeza de que aqueles que adotam esses métodos novos, primeiro, não conhecem as bases kardequianas, e, ao conhecerem-nas, nunca as vivenciarão para terem certeza. Então,  SE ALGUÉM PREFERE A APOMETRIA, DIVORCIE-SE DO ESPIRITISMO. É um direito! Mas, não misture para não confundir (...) não temos nada contra a Apometria, as correntes mento-magnéticas, aquelas outras de nomes muito esdrúxulos e pseudocientíficos. Mas, como espíritas, nós devemos cuidar da proposta espírita (...)

Então, temos por obrigação explicar que a mediunidade não é patrimônio exclusivo da Doutrina Espírita e muitas práticas alheias ao Espiritismo a utilizam. Assim acontece com a desobsessão, os católicos chamam de “exorcismo”; os protestantes “descarrego”; os apometras de “apometria”, etc., e cada qual tem seu método. Por isso é dever de todo espírita estudar profundamente as obras básicas, para que possamos preservar a pureza doutrinária. O Codificador, referindo-se ao Espiritismo, indaga-nos: "COMO PRETENDER-SE EM ALGUMAS HORAS ADQUIRIR A CIÊNCIA DO INFINITO.” Os diversos cultos religiosos existentes merecem nosso respeito, mas nem por isso devemos adotar seus rituais e práticas exteriores, por considerá-los contrários aos princípios básicos da Doutrina Espírita. Concluímos que falta o conhecimento da Doutrina Espírita. Não basta a freqüência à Casa Espírita. É indispensável estudá-la, incessante, incansavelmente. Seu aprendizado exige esforços. Percebe-se, claramente, que a Doutrina Espírita é uma ilustre desconhecida de boa parte dos 'ESPÍRITAS', especialmente quanto à sua parte teórica.


OBSERVAÇÃO DO GRUPO DE ESTUDO "ALLAN KARDEC": Nós espíritas não somos contra a Apometria, mas a doutrina espírita já tem seu método de desobsessão. Gostaríamos que as casas espíritas que dão cursos de Apometria, dessem cursos de coisas mais importante para o "espírito" que somos. Como cursos que explique: O que é doença; como ficamos doentes; como nos previnir das doenças; o que é obsessão; como nos previnir da obsessão; quem são os obsessores; como lidar com eles; etc. Estamos atacando o efeito sem explicar a causa. Até quando atrairemos para os centros espíritas pessoas que buscam somente os fenômenos espíritas? O tempo de transição pede mudanças comportamentais e não de métodos desobsessivos ou seja lá a moda do momento. Em que os espíritas estão ajudando neste esclarecimento e nesta mudança? Consultemos nossa consciência. Há espírita questionando a credibilidade de Divaldo Franco e Allan Kardec para defender novidades que não condizem com a doutrina. O que será da doutrina espírita quando Divaldo desencarnar?

7 comentários:

  1. Acho que só devemos dizer das coisas que conhecemos.
    Acho que o que Jesus mais queria quando aqui encarnou foi deixar exemplos de caridade e amor ao proximo.
    Como espiritas não devemos fazer aquilo que outras religiões fazem que é acharmos ser donos da verdade..
    Tudo ao seu tempo, como sempre ouvi dizer que Espiritismo e Ciência andam juntos por que não usar a Apometria que nada mais é do que isso ..Ciência Espiritual.
    Da mesma forma que Jesus não falou sobre o mundo espiritual na sua época pois a maioria não teria como entender .
    Da mesma forma Kardec tbm não nos disse de coisas que estão vindo agora pois ainda não tinhamos condições de entender..
    Orem a Deus e peçam sabedoria para entender aquilo que ainda não compreendem..
    E se tiverem como se permitir passar por esse tratamento que é a coisa mais maravilhosa a qual já vivenciei..
    Não julguei, me permitir receber e de tão maravilhada que fiquei hj busco aprender para poder ajudar a muitos que precisam de ajuda..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo com vc,os resultados sao incriveis,trabalho ha pouco tempo com essa tecnica num grupo e as vezes eu me pergunto como pode acontecer certas coisas,tipo a melhora e equilibrio da pessoa que fez esse tratamento,pessoas com problemas terriveis de toda ordem,desajustes familiares,traumas e tantos outros,quando nos e permitido ajudar,o fazemos com amor e carinho,auxiliamos tanto encarnados e principalmente desencarnados que estao presos a situacoes de dor e desespero!!!fico feliz que vc fez esse tratamento e percebeu e sentiu sua melhora e tambem atraves do seu tratamento tenho certeza que muitos foram ajudados e tiveram sim novas chances de recomecar,o amor de nosso pai e isso,sem julgar que e culpado ou inocente,mas nos ensinar novos caminhos de redencao e novos e reais caminhos para a verdadeira felicidade!!!tudo de bom pra vc,fique swempre em paz!!!

      Excluir
    2. "Anônimo" e "Evandro", não é uma questão de estacionar. Podemos dizer que Jesus está ultrapassado? O Espiritismo foi somente uma evolução na maneira de compreender Seus ensinamentos, mas não contrariou seus princípios. Entendo que a apometria não se configura como evolução do Espiritismo, nem tão pouco do Evangelho de Jesus, pois julga e condena o obsessor, sem levar em consideração o ensinamento do Cristo que nos manda perdoar 70 X7 vezes a ofensa recebida. Além disso, será que o apômetra sabe mais que Deus? Se o melhor é exilar o obsessor, por que Ele mesmo não providencia isso? Será que ele não está vendo o que se passa? E o obsediado? Será que é uma mera "vítima inocente"? Passamos séculos desviando da Lei e na hora em que a justiça Divina nos permite o resgate, buscamos nos livrar dele da maneira mais "eficiente". Recentemente li uma trilogia sobre "Evolução", pelo espírito Sephorus", que traz uma série de informações, além das contidas na Doutrina Espírita e que, questionado, no livro "Evolução, Universos Paralelos", se as informações ali contidas eram espíritas, ele responde que os conhecimentos do livro, relativamente aos princípios, estão em perfeito acordo com as respostas dadas pelos espíritos nos livros da Codificação de Kardec, mas que muitos espíritas tendem a fechar as obras de Kardec como uma verdade definitiva. Entendi muito plausível esse esclarecimento. No entanto, a despeito desse mensageiro nos alertar para a necessidade de continuidade de estudos e para o não preconceito com novas informações, ele faz o seguinte comentário: "Deixo aqui o cuidado com a expectativa de condução de casos de tratamentos espirituais onde dirigentes ou coordenadores de grupos acham-se na condição de enviar para outros orbes, espíritos presos na rebeldia, violência e ignorância das Leis Cósmicas. Isto demonstra claramente um julgamento por parte do doutrinador ou "tratador apométrico", onde pelo seu correspondente atraso evolutivo esquece as bases de amor ao próximo onde o "missionário" de nosso planeta ensinou: "Não julgues para não serdes julgados". Mesmo sendo um obsessor, não é senão uma vítima de sua própria ignorância..."
      Concluindo, se realmente formos Cristãos, devemos, diante de cada dúvida, nos reportar aos ensinamentos de Jesus, que clamou ao Pai, no momento derradeiro: "perdoai-vos, Senhor, eles não sabem o que fazem". Excluir o necessitado não fará dele um ser melhor e nem nos livrará, verdadeiramente, de nossas mazelas morais. Fiquem com Deus.

      Excluir
    3. Vale mais uma reflexão: a codificação nos ensina que somos energia e que tem que haver afinidade vibratória para que haja um processo obsessivo. Mudemos nossa energia e a sintonia perturbadora se tornará incompatível. A cada um segundo suas obras.

      Excluir
  2. KARDEC PREDISSE EM OBRAS POSTUMAS QUE SUAS OBRAS NÃO ERA O ENCERRAMENTO DO ESPIRITISMO MAIS O PRÍNCIPIO, REJEITAR A APOMETRIA, É NÃO ACEITAR A EVOLUÇÃO SOMATIVA QUE O REVERENDISSÍMO KARDEC DISSE SOBRE JAMAIS DEIXAR DE SOMAR CONHECIMENTOS. ESTE BLOG VEM COM O MERO E SIMPLES INTUITO DE MOSTRAR NOSSO INTERESSE NA SOMATÓRIA DO AMOR DO DIVÍNO MESTRE JESUS A CIÊNCIA BEM CATALOGADA DE KARDEC E LACERDA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom dia,concordo com vc!!!cardec sempre sera a base de tudo!!!
      a apometria nao vem negar nada do que foi nos ensinado,pelo contrario,a apometria e apenas um recurso a mais no auxilio de tantos que se perderam da rota da evolucao e do caminho redentor que todos nos iremos de uma forma ou de outra seguir no infinito!algumas pessoas rejeitam o que nao conhecem bem ou apenas por terem lido e estudado alguns livros ou varios que seja,mas quando se sente na carne e no espirito as coisas mudam de figura,a ciencia do espirito e pra nos ainda obscura e esta longe de se dizer que existe um ponto final,o mundo e infinito,seus misterios e conhecimentos tambem,acontecem coisas diariamente no mundo como um todo que siquer nos percebemos,a pra aceitar e outra luta pois ainda somos limitados e muito limitados,tudo vem aos poucos,sao licoes que vem a somar nossa ficha espiritual,preconceito ainda vai perdurar por muito tempo enquanto muitos tiverem o coracao a a mente fechada muitas vezes pelo medo e inseguranca e e compreensivel que seja assim,todos nos durante varias vivencias aqui aprendemos aos poucos mesmo conforme conseguimos absorver,mas tenho certeza que em beve esse preconceito em relacao a apometria desaparecera,pois os resultados sao maravilhosos,e logico,nosso pai de bondade a amos permite que seus espiritos de luz,os sabios estejam sempre conosco a nos auxuliar para que possamos cada vez mais entender jesus,mas nao um jesus dos tempos antigos,mas sim um espirito sabio,amoroso,extemamente inteligente que sabia o que dizia,tanto e que tudo e disse e exemplificou tem tudo haver com os dias atuais!!!tudo de bom pra vc!!!

      Excluir
  3. trabalho em uma casa espirita e numa casa apometrica,acho que e preciso vivenciar as situacoes na carne e no espirito para se poder dizer alguma coisa,nosso trabalho de apometria tem ajudado a muitas pessoas com traumas,doencas tanto encarnados como desencarnados,ate quando todos do movimento espirita vao se negar a evolucao de ideias e pensamentos?como criticar algo que se usa para o bem,e ainda sem conhecimento na pratica?acho que certos assuntos somente que e medium e sente o mundo espiritual pode dizer ou comentar,acho que a apometria e apenas uma ponta do veu,ha muito mais coisas a aprender entre o ceu a a terra que ainda se desconhece,criticar sem base real e dificil!!!

    ResponderExcluir