1 de mar de 2012

Medicina e Espiritismo.

 




O Espiritismo não é uma Doutrina que combate a Medicina, como muita gente pensa, e como durante um largo período os médicos supuseram, face ao comportamento irrelevante de alguns indivíduos que se diziam espíritas ou curadores e ficariam melhor colocados como curandeiros.


Allan Kardec
escreveu que: “O Espiritismo marcha ao lado do progresso, aceita tudo quanto ele comprova, mas não se detém onde a Ciência pára, porque a Ciência estuda os efeitos e o Espiritismo remonta às causas”.


A função do Espiritismo não é curar corpos, mas animar o homem, a fim de que se auto-cure espiritualmente, e a saúde seja-lhe uma conseqüência da própria transformação moral.



Divaldo Franco, no livro “Atendimento Fraterno”

Nenhum comentário:

Postar um comentário